Vila aliança e mais cinco bairros da Zona Oeste do Rio são ocupados por policiais

Desde a madrugada de segunda (09 de maio) , Vila aliança e adjacentes seguem ocupadas por forças policiais com consequência de inatividade de escolas, creches e postos de saúde


A manhã de segunda iniciou tensa para os moradores da Zona Oeste do Rio, a polícia militar faz operações em algumas comunidades desde as primeiras horas da madrugada. Segundo relatos de moradores , mais de 6 blindados , muitas viaturas e helicópteros avistados sobrevoando a comunidade, fazendo com que tudo ficasse fechado. Ônibus, vans, motos ,nenhum tipo de condução estava circulando , além do não funcionamento das unidades de saúde e escolas ao longo desta semana, tudo permanece parado e atualmente escolas, postos de saúde, creches e comércio ainda permanecem paradas, com previsão de permanecer por dias. Vila Aliança, Mandela, Caju, Arará, Parque Alegria e Morro do Juramento são as localidades com a presença da PM.



"Trabalho em Senador Camará e Vila Aliança, não fui à escola porque a direção nos avisou por volta das 6h30 da operação policial em Senador Camará desde cedo. Por isso as escolas da região estão fechadas", relata um trabalhador da localidade que se vê prejudicado com a situação.

Ainda sobre relatos de moradores, " tá complicado , porque eles estão circulando pela comunidade. Então a gente teve aquele aviso de ontem( tiroteios ), por isso moradores e todo mundo estão nervosos. Pelo o que indica , vão ficar até amanhã ou sábado, só Deus " . " Ontem quando eu vim no meu portão para jogar o lixo, para colocar o lixo fora , quando eu olhei eles estavam vindo e mandaram para cima ( disparos ). Ainda bem que graças a Deus eu ainda estava saindo, voltei para trás correndo porque eu não sabia que eles estavam perto de mim. Está muito perigoso, do nada eles começam ", relata outra moradora, mãe de aluna do ciep da localidade.


De acordo com informação divulgada pelo Voz da Comunidade , na Vila Aliança, em Bangu, agentes do Grupamento de Policiamento Ferroviário da PM, do 14º BPM (Bangu), com apoio do Batalhão de Choque, estão atuando na comunidade devido ao programa Estação Segura, que tem como objetivo reprimir crimes e ações irregulares em estações de trens específicas nas linhas ferroviárias do estado.Policiais vêm realizando patrulhamento nas linhas ferroviárias da estação Senador Camará pelos trilhos.





Durante a ação , um ônibus chegou a estar atravessado na Rua Doutor Augusto Figueiredo, uma das principais vias da favela. Segundo moradores, tiros foram ouvidos em diferentes pontos da região , segundo relatos de moradores, disparos atingiram um transformador da localidade , o que torna todo este contexto de isolamento social em que estão vivendo ainda pior , pois provavelmente ficarão sem luz presos em casa por estarem impedidos de saírem para trabalhar , tanto pela ausência de condução , quanto em relação à própria segurança deles que não é garantida .


Enquanto que no no Caju, Parque Alegria, Mandela, Ararará e Juramento as ações estão ligadas, segundo a PM, à desarticulação de suspeitos.


A atuação seguiu em andamento com policiais ocupando a área , alterando a rotina dos moradores , dessa forma os deixando neste clima de tensão e medo.


Para mais notícias sobre alterações na localidade , o Portal Favelas segue ligado como porta - voz dos moradores , por isso fiquem por dentro de nossos meios de comunicação.

15 visualizações