top of page

Terror em Brasília: Sobe o número de presos após ataque antidemocrático

A listagem de presos por causar destruição na Praça dos Três Poderes em Brasília foi divulgada hoje (11/01), após decisão judicial


A Secretaria de Administração Penitenciária do DF – Seape DF, divulgou hoje a lista dos 736 presos que atacaram a praça dos Três Poderes em Brasília, no último domingo (08/01). Entre os presos estão também os participantes do acampamento que foi desmontado no Quartel General do Exército, que fica localizado na capital do país.


De acordo com a Seape, 1.028 detidos já ingressaram no sistema prisional do Distrito Federal. 637 homens foram levados para o Centro de Detenção Provisória 2, no Complexo da Papuda e 391 mulheres para a Penitenciária Feminina do DF.


Após os ataques, o prejuízo ao patrimônio público está calculado a 3 milhões de reais apenas para a Câmara dos Deputados.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública criou um email para receber denúncias e informações sobre os terroristas que praticaram os atos de vandalismo. As informações podem ser enviadas para: denuncia@mj.gov.br


Há suspeita de outro ataque terrorista para hoje nos principais estados do país, incluindo o Rio de Janeiro. Agentes do Rio de Janeiro já estão reforçando a segurança “Agentes do RJ estão reforçando a segurança em alguns pontos importantes da política e economia fluminense por suspeitas de manifestações e até invasões golpistas. É preciso conter os golpistas e usar todos os aparatos possíveis para desarticular esses grupos”, publicou Renata Souza, deputada estadual do Psol.


Acesse a lista dos presos: https://seape.df.gov.br/prisoes-dos-atentados-bsb/

6 visualizações
bottom of page