Semana de Arte Favelada ocupa Theatro Municipal

Um dos teatros mais tradicionais do país, recebe a Semana de Arte Favelada, que acontece do dia 02 ao dia 29 de novembro. O projeto que foi inspirado na Semana de Arte Moderna, acontece também no Complexo da Maré, de forma totalmente gratuita.

A SAF é uma releitura da Semana de Arte Moderna, que aconteceu no Theatro Municipal de São Paulo, há 100 anos, e tem o intuito de dar protagonismo aos produtores culturais favelados e periféricos, das mais diversas vertentes artísticas, visando dar mais oportunidades e visibilidade a quem produz cultura, valorizando artistas e coletivos.

De acordo com os organizadores, o objetivo é mostrar as manifestações artístico-culturais que visam o protagonismo da cena cultural favelada e periférica, e tem idealização da WdoProduções. O projeto foi patrocinado pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado e Cultura e Economia e Fundação Theatro Municipal do Rio de Janeiro, através de editais.

A seleção artística das obras foi realizada por editais e contou com uma curadoria para cada eixo temático e uma das exigências era que 50% das vagas fossem preenchidas por artistas dos territórios onde a edição é realizada.

“Com a Semana de Arte Favelada queremos reivindicar o direito de nós, artistas favelados e periféricos, historicamente marginalizados e invisibilizados, acessarmos e produzirmos ARTE. Quebrar a elitização das manifestações artísticas é uma estratégia de (re)existência que nos possibilita a construção de novas/nossas próprias narrativas”, explicou o produtor Wellington de Oliveira, em entrevista ao Diário do Rio.

Na abertura do evento, dia 02 de novembro, aconteceu o Circuito Cultural da Herança Africana com um Passeio-Aula a pé, visando difundir a cultura afro-brasileira, que se iniciou em frente à Estátua da Bailarina Mercedes Batista, a primeira bailarina negra a integrar o corpo de ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

A programação tem três eixos principais: Artes visuais – exposição de fotos, pinturas, esculturas e demais expressões da arte visual com programação educativa; Artes Cênicas – festival multilinguagem composto de 10 atrações culturais de dança, música e teatro; e Arte Literária – seleção de 25 textos de autores favelados para lançamento de um e-book e participarem do sarau literário.


Sobre o Theatro Municipal


O Theatro Municipal do Rio de Janeiro, foi inaugurado no dia 14 de julho de 1909, e é considerado a principal casa de espetáculos do Brasil e uma das mais importantes da América do Sul. Ele tem capacidade para 1.739 espectadores, e foi inaugurado pelo Presidente Nilo Peçanha e pelo Prefeito Sousa Aguiar, quatro anos e meio após o início das obras.

No início, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro recebia, principalmente, companhias de ópera e dança vindas em sua maioria da Itália e da França. A partir da década de 30, passou a contar com seus próprios corpos artísticos: Orquestra Sinfônica, Coro e Ballet, que permanecem até hoje responsáveis pela realização das temporadas artísticas oficiais.


Para saber mais sobre a Semana de Arte Favelada, acesse: https://www.instagram.com/semanadeartefavelada/

109 visualizações