Seis mortos em operação policial em Manguinhos

Na manhã desta terça-feira (12), uma mega operação foi realizada na comunidade de Manguinhos, na zona norte do Rio de Janeiro. Como de costume, os policiais justificaram a operação porque uma viatura teria sido alvejada por tiros ao passar pelo entorno da comunidade. Uma outra ação policial também ocupou o Parque Floresta, em Belford Roxo, mas sem informações de vítimas até o momento.

De acordo com moradores, pelo menos 6 pessoas foram mortas na ação. Um vídeo que circula nas redes sociais, mostra o momento que um carro transposta os corpos.

A PM divulgou em nota, que as equipes do 22° Batalhão e das UPPs ainda fazem policiamento na região. A Unidade de Pronto Atendimento de Manguinhos, informou que seis pessoas deram entrada na unidade e vieram a falecer. Além disso, a Supervia interrompeu a circulação de trens do ramal Saracuruna.

Moradores pedem paz nas redes sociais: “Até quando? Polícia de extermínio desde 1500”, diz um morador. “Tem uma casa com pessoas querendo se entregar e a polícia jogou gás de pimenta”, disse outro morador em um grupo do Whatsapp. Até o momento do fechamento desta matéria, o carro blindado ainda percorria pelas ruas da comunidade.


CORPOS FORAM EMPILHADOS NA CAÇAMBA DE UMA VIATURA, SOB OLHAR DOS MORADORES -

foto reprodução


O Fórum Popular de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro divulgou nota onde repudia a lógica da produção da guerra a territórios negros justificada pelo falso discurso de combate ao crime:

Mais uma manhã que deixa como resultado de operações policiais: mães e familiares chorando por seus entes queridos assassinados pela Polícia. O Parque Floresta em Belford Roxo e a Favela de Manguinhos estão sofrendo com mais um dia de terror do Estado e sua política de morte. A pergunta que o FPOPSEG faz é onde está o MPRJ- Ministério Público do Estado do RJ? - questiona o Forum na nota publicada nesta terça.






160 visualizações