CINEMA I SESSÃO CURUMIM

Atualizado: 12 de Abr de 2020

FILMES PARA CRIANÇAS I DISPONÍVEIS NO YOUTUBE Estamos aí nessa quarentena, fazendo a nossa parte ficando em casa, não é mesmo favela?! Vamos beber bastante água, lavar as mãos ao chegar em casa da rua, caso tenha sido obrigada ou obrigado a sair. Lave as mãos, lave as roupas e deixe os calçados do lado de fora da casa. Enfim, todas aquelas regras de prevenção que são fundamentais nessa hora! A gente sabe que tem hora que tem que sair, mas use a máscara ao sair e LAVE AS MÃOS. Estamos enfrentando a pandemia nas nossas favelas do nosso jeito e pensando nessa vibe, focamos nas nossas crianças que também precisam fazer a parte delas ficando em casa e elaboramos uma listinha com sugestões de filme infantis com temáticas que trazem uma representatividade mais a nossa cara pra elas, com narrativas que fogem aos estereótipos que costumam nos colocar. São filmes disponíveis no YouTube, e que já exibimos na sessão Curumim, pra você organizar uma sessão de cinema pras suas Crias e juntos seguirmos nos cuidando e nos protegendo do COVID-19. Se liga no papo, Favela! FICA EM CASA vendo um filminho com seus pequeninas e pequeninos! LONGAS METRAGEM Kiriku e a Feiticeira Direção: Michel Ocelot (1999) Duração: 1:11:00’


SINOPSE Na África Ocidental nasce um menino minúsculo, cujo tamanho não alcança nem o joelho de um adulto, que tem um destino: enfrentar a poderosa e malvada feiticeira Karabá, que secou a fonte d'água da aldeia de Kiriku, engoliu todos os homens que foram enfrentá-la e ainda pegou todo o ouro que tinham. Para isso, Kiriku enfrenta muitos perigos e se aventura por lugares onde somente pessoas pequeninas poderiam entrar.

ASSISTA AQUI https://www.youtube.com/watch?v=duDByEwf1x0 Kiriku e os Animais selvagens Direção: Michel Ocelot Duração: 1:01:00’

SINOPSE O avô de Kiriku, Pierre-Ndoffé Sarr, conta as desventuras do garoto, cuja altura não alcança nem o joelho de uma pessoa normal. Entre elas o avô conta como Kiriku aprendeu a ser jardineiro, detetive, artesão, doutor, comerciante e viajante, percorrendo os diversos recantos da África.

ASSISTA AQUI https://www.youtube.com/watch?v=7LtnPza7DIE Uma História de Amor e Fúria (2016) Escrito e dirigido por Luiz Bolognesi Duração: 01:14:31’

INFORMAÇÕES GERAIS

Uma História de Amor e Fúria é um filme de animação brasileira, do gênero ficção científica, escrito e dirigido por Luiz Bolognesi. O filme é produzido pela Gullane e Buriti Filmes, com a coprodução da Lightstar Studios. Foi lançado em 5 de abril de 2013 nos cinemas brasileiros e nos cinemas portugueses a 26 de fevereiro de 2015. O enredo conta a história de um homem que está vivo há 600 anos no Brasil. O protagonista passa por momentos marcantes da história do país, desde os conflitos indígenas na época da chegada dos europeus, passando pela Balaiada, no Maranhão, pela ditadura militar e a guerra pela água num futuro não tão distante em 2096. Uma História de Amor e Fúria venceu o principal prêmio do Annecy International Animated Film Festival, na França, tornando-se a primeira animação brasileira a ser selecionada para essa competição. Foi um dos 19 filmes submetidos ao Oscar de melhor filme de animação na edição 86 de 2014. A trama situa-se em quatro datas na história do Brasil: 1500, quando o país foi descoberto pelos exploradores portugueses, 1800, em eventos durante a escravidão; 1970, durante o ponto alto da ditadura e no futuro em 2096, quando haverá uma guerra sobre a água.

SINOPSE O filme narra o amor entre Janaína (Camila Pitanga) e guerreiro nativo (Selton Mello) que, quando morrer, terá a forma de um pássaro. Durante seis séculos, a história do casal sobrevive através desses quatro estágios na história do Brasil. Bolognesi fez uma longa pesquisa com profissionais das áreas de história e antropologia para definir quais períodos da história do


Brasil seriam mencionados no filme.

ASSISTA AQUI https://www.youtube.com/watch?v=jM7WEnzB-yM CURTAS METRAGEMCores e Botas (2010) Escrito e dirigido por Juliana Vicente

SINOPSE Joana tem um sonho comum a muitas meninas dos anos 80: ser Paquita. Sua família é bem sucedida e a apoia em seu sonho. Porém, Joana é negra, e nunca se viu uma paquita negra no programa da Xuxa. (www.pretaportefilmes.com.br)

ASISTA AQUI https://www.youtube.com/watch?v=Ll8EYEygU0o Disque Quilombola (2013) Direção de David Reeks

Duração: 13:00’


SINOPSE

Crianças do Espírito Santo conversam de um jeito divertido sobre como é a vida em uma comunidade quilombola e em um morro na cidade de Vitória. Por meio de uma genuína brincadeira infantil, os dois grupos falam de suas raízes e desvelam o quanto a infância tem mais semelhanças do que diferenças.

ASSISTA AQUI https://www.youtube.com/watch?v=GStv-f_bcfU Dudu e o lápis cor da pele (2018) Diretor: Miguel Rodrigues Duração: 19:03’