Relatório Democracia e Desigualdades

Katia Maia - Diretora Executiva Oxfam Brasil


A Oxfam Brasil, lança hoje o relatório Democracia e Desigualdades. O documento analisa a relação entre desigualdades e democracia no Brasil, jogando luz sobre a participação e representação como indispensáveis para efetivar comandos constitucionais por uma sociedade mais justa e igualitária.

Sabemos que a adoção de políticas públicas sociais inclusivas é o meio mais eficaz de combater as desigualdades. Entretanto, entendemos como fundamental para a democracia brasileira que essas políticas públicas sejam discutidas e aprovadas nas instâncias legislativas de direito, em um ambiente com uma participação mais equitativa de pessoas negras, mulheres, indígenas e representantes LGBTQI+ nos espaços decisórios e de poder”, afirma Katia Maia.

O novo relatório é dividido em quatro partes: Democracia e Desigualdades, Democracia e Participação, Democracia e Representação, e Propostas para Melhorar a Democracia Brasileira, com uma agenda de trabalho baseada nos tópicos do relatório, visando um país mais justo e menos desigual.


Quero baixar o relatório


Em 2020, apenas 16% das pessoas eleitas vereadoras no Brasil eram mulheres.


O atual sistema político brasileiro privilegia a eleição de parlamentares homens e brancos.


Mulheres negras representam 27,8% da população brasileira, mas ocupam apenas 2,53% das cadeiras na Câmara dos Deputados.


93% dos colegiados participativos ligados à administração federal brasileira foram extintos em 2018, reduzindo a participação, o controle social e a transparência.


Vamos juntas e juntos, por mais justiça e menos desigualdades.


Um abraço e boa leitura!


4 visualizações