Reinaugurado primeiro cinema de favela

No domingo, dia 17 de outubro, aconteceu a reinauguração do do cinecarioca na Nova Brasília, primeiro cinema instalado em favela no Rio de Janeiro. O cinema já está reaberto para o público e os ingressos custam em média 5 reais para estudantes e 10 a inteira para moradores do Complexo do Alemão, basta apresentar o comprovante de residência.


Foto: Divulgação

O cinema estava fechado desde dezembro de 2019, e atende 15 comunidades e aproximadamente 60 mil habitantes. O único cinema de favela no entorno.

Na reinauguração, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, afirmou que sairá um decreto no Diário Oficial, permitindo lotação máxima em teatros, cinemas, centros comerciais e eventos, mantendo medidas preventivas como o uso da máscara de proteção.

Para o secretário de governo e integridade pública, Marcelo Calero, uma reinauguração dessa tem grande importância também para a economia da comunidade

“É impressionante como o cinema pode movimentar a economia de um lugar. Sabemos que, desde o pessoal que vende pipoca, até o bar que fica mais cheio, tudo é impulsionado por um equipamento de cultura dessa natureza”, afirma.

A sala tem capacidade para 91 pessoas e contém equipamentos de acessibilidade motora e equipamentos de som e imagem. Além disso, o espaço conta com tecnologia de acessibilidade sensorial, ou seja, tem áudio descrição e legenda descritiva.


O cinema foi inaugurado em 2010 e já teve mais de 11.900 sessões e cerca de 700 mil frequentadores.

10 visualizações