Reinauguração do polo de testagem de covid em Manguinhos

Na manhã desta sexta-feira, aconteceu em Manguinhos a reinauguração do polo de testagem de COVID-19, pelo projeto Conexão Saúde. O polo que fica localizado na comunidade da Varginha - uma das favelas do Complexo de Manguinhos, na Rua Leopoldo Bulhões, 952 em frente à estação de manguinhos, é uma parceria entre a Fiocruz e a Prefeitura do Rio de Janeiro e conta com o apoio do Conselho Comunitário de Manguinhos.

Localizada em um ponto estratégico, o polo de testagem atende principalmente as comunidades do entorno, mas vale ressaltar que qualquer pessoa pode ser atendida por lá. Para realizar o teste, basta levar o documento de identificação com foto e é obrigatório o uso de máscaras.


Foto: Conselho Comunitário de Manguinhos

O polo de testagem inaugurou no início da pandemia e havia sido encerrado no final do ano passado, mas com o aumento dos casos por conta da variante ômicron, voltou com os atendimentos. O horário de funcionamento é de segunda a sexta de 8h às 16h e sábados de 8h a 12h.

Segundo o integrante do Conselho Comunitário de Manguinhos e morador da comunidade, André Lima, no final de 2021 o projeto Conexão Saúde, que atendia Manguinhos com a prestação de serviços de testagem e telemedicina chegava ao fim “Com a variante ômicron com seu alto índice de contágios foi chegando na casa das pessoas e percebemos a necessidade de restituir o polo de testagem. Ocorreram cobranças do CCM, que representa os moradores de Manguinhos junto com a Fundação Oswaldo Cruz que em articulação com a Prefeitura do Rio instituiu esse projeto”, conta André Lima.

Segundo relato de moradores o polo de testagem traz grande benefício para a favela da zona norte da cidade “Não há vitória sem luta. Gratidão a todos os envolvidos para a volta desse serviço tão importante para a população”, afirma uma moradora.

De acordo com dados do Painel Unificador Covid-19 nas Favelas, o Complexo de Manguinhos já soma 2273 casos confirmados e 120 mortes, e ocupa a nona posição entre as favelas. Entre as comunidades do Rio já foram confirmados 125.241 casos.

Em caso de sintomas como: febre, dores no corpo, dor de garganta, procure um polo de testagem mais próximo.



15 visualizações