Projeto “Reconto cada qual no seu Recanto” realiza edição especial no Dia da Consciência Negra

No dia 20 de novembro, acontece a terceira edição do projeto literário “Reconto cada qual no seu Recanto”, com histórias tradicionais africanas, além de contos e mitos afro-brasileiros. Serão três horas de transmissão, de 15h às 18h. Cada convidado contará três histórias intercaladas entre canções, parlendas e poemas. Ao final, acontece um bate-papo com o público.

Com a intenção de fazer a economia criativa girar e promover encontros antes impossíveis presencialmente, a mostra internacional de contadores de histórias é destinada para crianças de todas as idades e acontece 100% online e ao vivo. As rodas de histórias temáticas recebem três convidados nacionais de estados diferentes e um convidado internacional, e, como diz o título, “cada qual no seu recanto”.

A idealização e direção artística são de José Mauro Brant, premiado ator, autor teatral, com quase trinta anos dedicados ao ofício de narrar histórias, que divide a curadoria com Benita Prieto, experiente contadora de histórias e produtora de eventos na área da leitura e literatura.



Os convidados da terceira edição:

Boniface Ofogo – Camarões - África

Nascido em Bogondo, vila situada no centro dos Camarões, onde a oralidade era a única forma de transmissão de conhecimento, o escritor é especialista em fábulas, lendas, mitos e tradições da África negra. Boniface Ofogo obteve uma bolsa do governo espanhol para continuar os estudos em Madrid, onde foi mediador social e cultural em várias comunidades da região. Desde 1992, dedica-se a escrever e narrar contos africanos. É autor de “Uma vida de conto”, uma autobiografia na qual se enfatiza a importância da tradição oral na África. Também publicou o livro “El león Kandinga”, que faz parte da inesgotável tradição oral dos bantu, uma tribo que vive nas savanas e selvas africanas, do centro de Camarões até a África do Sul. A cultura oral, na qual foi educado, continua a ser a pedra de toque do seu trabalho.


Rogério Andrade Barbosa – Rio de Janeiro – RJ

Escritor, palestrante, contador de histórias, professor de Literatura Africana (pós-graduação - UCAM/RJ) e ex-voluntário das Nações Unidas na Guiné-Bissau. Trabalha na área de literatura Afro-Brasileira e programas de incentivo à leitura, proferindo palestras e dinamizando oficinas. São 30 anos de literatura e mais de 100 livros publicados, alguns traduzidos para o inglês, espanhol e alemão. Participou como autor, palestrante e contador de histórias em eventos literários e Feiras do Livro na Alemanha, Cuba, Itália, México, Peru, República Dominicana, Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Etiópia e Portugal, Gana e Suécia. Palestrante nos Congressos do IBBY (International Board on Books for Young People) em Cartagena (Colômbia-2000), Basel (Suíça-2002), Cape Town (África do Sul-2004), Macau (China-2006), Copenhagem (Dinamarca-2008) e do IBBY - África (Gana-2019).


Daniele Ramalho – Rio de Janeiro – RJ

Narradora de histórias, atriz e gestora cultural. Mestre em Bens Culturais e Projetos Sociais do CPDOC da FGV, com pesquisa em torno de Memória e História. Formada em Artes Cênicas pela Uni- Rio. Recebeu em Cotonou, no Benim, o Prêmio da Palavra, por seu trabalho com a oralidade e a aproximação que promove entre Brasil e África. Conta histórias entre Brasil, França e África. com narradores de histórias como Muriel Bloch (França), Coralia Rodrigues (Cuba) e François Moise Bamba (Burkina Faso). Faz curadoria de programações como a do projeto “Narro, logo existo: narrativas brasileiras”, com CNFCP e Museu da República, do Festival “África Diversa”, com Prefeitura do Rio de Janeiro e da “Tenda das Mil Fábulas”, na Bienal Internacional do Livro de São Paulo, com a Câmara Brasileira do Livro.


Madu Costa – Belo Horizonte - MG

Pedagoga formada pela UFMG e pós-graduada em Arte Educação pela PUCMINAS, Madu é assessora pedagógica, narradora de histórias, escritora, cordelista e membro do Coletivo Iabás (narradoras de histórias das orixás femininas).


José Mauro Brant – Rio de Janeiro – RJ

Ator, cantor, autor e diretor de teatral com mais de 80 espetáculos no currículo, José Mauro Brant se define com uma só expressão: “Sou um contador de Histórias”. Atuando no teatro profissional desde 1988, José Mauro trabalhou como ator com diretores como: Gerald Thomas, Ítalo Rossi, Werner Herzog, Aderbal Freire Filho, Naum Alves de Souza. Desde 1989, trabalha ininterruptamente em criações dedicadas à infância e juventude. Seu primeiro livro pela ed. Rocco foi duas vezes selecionado pelo PNBE e distribuído para escolas públicas de todo o país. Hoje, Brant concilia seus espetáculos de narração com a criação e direção de espetáculos musicais: “Era uma vez... Grimm” e “O Pequeno Zacarias – uma ópera irresponsável”, parcerias com o maestro Tim Rescala. Ambos ganharam o prêmio APTR de melhor música. Em 2018, “Makuru um Musical de Ninar”, também lançado em CD em todas as plataformas digitais, ganhou 15 prêmios e 30 indicações nas principais premiações do teatro carioca, incluindo melhor texto e melhor espetáculo infantojuvenil.


Benita Prieto – Alhandra – PT

Nascida no Rio de Janeiro, filha de galegos, é curadora, consultora, produtora e mediadora de projetos de leitura. Escritora e Contadora de Histórias do Grupo Morandubetá, criou o Simpósio Internacional de Contadores de Histórias do Rio de Janeiro. Desde 2012, pesquisa e ministra cursos sobre promoção de Leitura e Literatura Digital. É Coordenadora da Red Internacional de Cuentacuentos e integra a Ações & Conexões Associação Cultural de Portugal. Atualmente, reside em Portugal, onde tem participado em ações de promoção de leitura e narração de histórias no Caminhos de Leitura, Palavras Andarilhas, Folio, Rio de Contos, Rede de Bibliotecas Escolares e diversos eventos e espaços culturais. Benita completa 28 anos de narração oral, tendo atuado em 22 estados do Brasil e mais de 10 países, realizando conferências, palestras, oficinas, cursos, eventos, apresentações e espetáculos.


Para adquirir os ingressos, acesse o site Go Free.

Mais informações e descontos para professores, grupos e alunos da rede pública, mande um e-mail para: recontocadaqualnoseurecanto@gmail.com



O Portal Favelas é uma construção coletiva de moradores de favelas, para falar de e para as favelas, por meio da integração dos diversos canais de comunicação locais ou regionais.

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Twitter