O calendário que inspirou o Museu da Maré


Foto: CEASM


O Museu da Maré, fundado em 2006, foi concebido como um grande calendário. A exposição de longa duração "Os tempos da Maré" é dividida em 12 momentos, tais quais os meses distribuídos na folhinha. Essa concepção foi inspirada no calendário produzido pelo CEASM, há quinze anos, denominado "Família Maré".


A cada mês uma família importante para a memória das favelas que compõem o Complexo era homenageada através de uma foto do seu acervo pessoal. A fim de relembrar esse projeto, o Museu da Maré traz a história de seu Luiz Paiva Damascena, personagem do mês de agosto de 2005.


Leia clicando aqui.



6 visualizações