Movimentos LGBTQI+ fazem protesto em prol de minorias

Organizações e grupos voltados para população LGBT fizeram na manhã de hoje, dia 23, um protesto no Palácio da Cidade do Rio de Janeiro, moradia oficial do prefeito Marcelo Crivela, em Botafogo, Zona Sul da capital. O ato pedia a continuidade de iniciativas implementadas em prol de minorias, como as permanências da secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Tia Ju, e do coordenador da Diversidade Sexual, Nélio Georgini permaneçam nos cargos.



Integrantes de movimentos sociais de Madureira, Casa Nem e moradores do CPA IV 9 - hotel social destinado para população LGBT em situação de rua, inaugurado este ano - fizeram uma manifestação pacifica, pedindo a continuidade dos trabalhos implementados na gestão da secretária de Tia Ju e Nélio Georgini.


Segundo o movimento, eles temem que as políticas públicas voltadas para população LGBT sejam interrompidas e o CPA IV seja fechado, por isso querem que Nélio Georgini e Tia Ju sejam mantidos em seus cargos e possam dar continuidade a projetos voltados para LGBTs em situação de vulnerabilidade social.

42 visualizações