Maré é alvo de operação policial durante Congresso Internacional de Segurança Pública


Ação aconteceu nas favelas Parque União, Nova Holanda, Parque Maré e Rubens Vaz


De acordo com matéria veiculada pelo grupo de comunicação Maré Notícias, moradores das favelas Parque União, Nova Holanda, Parque Maré e Rubens Vaz foram acordados na madrugada desta quinta-feira (11) com uma operação policial. Antes das 6h já haviam diversos os relatos de tiros, voos rasantes de helicóptero que sobrevoava a região e sendo utilizado como plataforma de tiro. Muitas pessoas também foram surpreendidas com a abordagem policial em domicílios, e estabelecimentos comerciais foram depredados.


Em nota a assessoria de imprensa da PMERJ informou que a operação conta com equipes do Comando de Operações Especiais (COE), da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) e da Polícia Civil e dentre os objetivos pretende cumprir mandado de prisão dos responsáveis pela morte do policial militar Sandro Santos da Silva, que aconteceu em janeiro.


Há informações de pelo menos três pessoas feridas e uma pessoa morta durante a ação. E até o momento a operação policial descumpre algumas das determinações da ADPF das Favelas: a de operações policiais começarem após às 6h da manhã, do helicóptero não ser utilizado como plataforma de tiro e a da necessidade de uma ambulância estar disponível para socorro de feridos.


A Clínica da Família Jeremias de Moraes da Silva, que atende a região da Nova Holanda, interrompeu o funcionamento e a Clínica da Família Diniz Batista dos Santos manteve o atendimento à população, mas suspendeu as atividades externas, como visitas domiciliares. As informações são da Secretaria Municipal de Saúde.


De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Educação, 19 escolas tiveram aulas suspensas nesta quinta-feira, por conta da operação. O atendimento aos alunos está acontecendo de forma remota.


Nesta quinta, diversas atividades estavam previstas para acontecer no 2º dia do Congresso Internacional Falando Sobre Segurança Pública na Maré, promovido pela Redes da Maré. De acordo com a organização, o congresso segue confirmado, porém com atraso nas atividades.


Fonte: Maré Notícias

5 visualizações