In-justiça: mais um inocente preso no RJ

Inocente foi solto após 10 dias na cadeia

No Rio de Janeiro, o músico Vinicius Matheus Barreto, de 21 anos, ficou preso pouco mais de uma semana após ser confundido com filho de um traficante. O músico é morador de Macaé - Rio de Janeiro e foi solto na quarta-feira dia, 13. Ele foi acusado de associação ao tráfico, isso porque confundiram o seu nome.

O jovem que não tem passagens pela polícia, foi apontado como responsável por recolher o lucro obtido pelo tráfico de drogas do morro do Palácio. Ele foi preso dentro da empresa onde trabalha por dois anos.

Segundo o secretário estadual de Administração Penitenciária, o delegado Fernando Veloso, a prisão foi absurda, e esse caso servirá de exemplo para que a justiça melhore esses aspectos.

Mesmo que o jovem fosse filho de um traficante, isso não o torna um traficante também. A justiça errou e não foi a primeira vez, em 2017, um inquérito da 76ªDP, em Niterói, investigou o tráfico do mesmo local. Segundo a juíza Juliana Ferraz Krykthtine, a responsabilidade do erro foi da Civil e do Ministério Público.

O nome do traficante e do pai do músico são parecidos, mas mesmo apresentando documentos que comprovavam o equívoco, a prisão foi decretada.

Vinicius Matheus ficou preso em cela especial e teve visitas extraordinárias, ou seja, fora do horário normal. Desde a prisão a família do músico ia na cadeia para protestar.

Para o delegado Fernando Veloso, o jovem será um exemplo para a justiça observar que “vários” Vinicius passam pelo mesmo problema. Ou seja, é uma situação recorrente que precisa ser mudada.

Quantos mais serão injustiçados? Quando vai terminar estas injustiças contra o povo preto, pobre, favelado!!!???
36 visualizações