Fiocruz anuncia 1 milhão de investimento em favelas

Nesta quarta-feira (10/2), Dia Estadual de Mobilização para Enfrentamento da Covid-19 e seus Impactos nas Favelas e Periferias, a Fiocruz anunciou o investimento de R$ 1 milhão para organizações que atuam nas comunidades do Rio de Janeiro, com ações de vigilância em saúde, com o objetivo de reduzir os efeitos da pandemia nestes territórios.



O recurso, resultado da Lei Nº 8.972/20, do Fundo Especial da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) à Fiocruz, será destinado a 17 projetos aprovados na última Chamada Pública para Apoio a Ações Emergenciais de Enfrentamento à Covid-19 nas Favelas do Rio de Janeiro, promovida pela Fundação em 2021. Atualmente, a Fiocruz apoia 41 projetos da sociedade civil nas favelas do estado. Com a nova convocação, serão apoiados, no total, 58 projetos, somando um aporte de mais de R$ 5,5 milhões. "Com essa doação destinada à Fiocruz pela Alerj, resultado de articulação interinstitucional, poderemos contribuir para a promoção de ações integrais de saúde nas favelas que possam mitigar os graves impactos que a emergência sanitária e social vem provocando nos territórios”, destaca a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima. Para o coordenador-executivo do Plano Fiocruz Enfrentamento à Covid-19 nas Favelas do Rio de Janeiro, Richarlls Martins, o incentivo da Fiocruz e das demais instituições que compõem este processo às ações coordenadas pela sociedade civil nas favelas, em parceria com a academia e poder público, alinha-se diretamente com os princípios do SUS. “A destinação de mais R$ 1 milhão para organizações baseadas nestes territórios possibilitará ampliar as estratégias de participação social na prevenção e enfrentamento dos impactos da Covid-19 nas favelas", avalia o coordenador. Os recursos a serem investidos são resultado de um esforço interinstitucional envolvendo UFRJ, Uerj, PUC-Rio, SBPC, Abrasco, Fiocruz, sindicatos de profissionais das áreas de saúde e assistência social, bem como organizações baseadas em favelas. Juntas, essas entidades elaboraram o Plano de Ação para Enfrentamento da Covid-19 nas Favelas do Rio de Janeiro.

14 visualizações