Favelas recebem operação de sanitização para combater coronavírus

A Comlurb promoveu na manhã desta segunda-feira (29/03), em parceria com as Subprefeituras, operação de sanitização para reduzir os riscos de contágio pelo coronavírus nas comunidades do Borel e Complexo do Alemão, na Zona Norte, Vila do Sapê e Antares, na Zona Oeste. O serviço de sanitização é realizado com uma solução de hipoclorito e detergente, e nas partes mais estreitas das comunidades, como becos e vielas, os garis usam um pulverizador costal.



Os trabalhos foram realizados por 24 garis, com o apoio de três pipas d’água, oito pulverizadores e uma varredeira. As vias também receberam lavagem com água de reuso. O primeiro ciclo de trabalho de sanitizações nas comunidades teve início na sexta-feira (26/03) e irá alcançar, até o próximo sábado (03/04), 32 comunidades, de todas as regiões da cidade. O serviço está sendo realizado nesse período de recesso sanitário, determinado pela Prefeitura, em decreto, justamente porque haverá menor circulação de pessoas nas ruas, tornando mais eficaz o combate ao contágio pela Covid-19. As Subprefeituras indicaram as localidades com base em estudos técnicos que apontaram os pontos com maior risco de contágio pelo coronavírus.


Desde o início dos trabalhos, foram beneficiadas as seguintes comunidades: Rocinha, na Zona Sul; Borel, Complexo do Alemão e Complexo da Maré, na Zona Norte; Vila do Sapê, Rollas, Jordão, Piraquê e Antares, na Zona Oeste; Tijuquinha, no Itanhangá; Morro da Conceição, no Centro; e Morro do Dendê, na Ilha do Governador.

3 visualizações