Espetáculo Sons da Independência mostra a mistura e diversidade que constroem nossa ideia de país

Com protagonismo de Toni Garrido e Martnália, show no Imperator, Méier marca o fim da temporada popular do Espetáculo “Sons da Independência” na semana da Consciência Negra.




A noite de terça-feira (15), dia da Proclamação da República, foi marcante. Isso porque foi o encerramento da série de espetáculos “Sons da Independência”, no Imperator - Centro Cultural João Nogueira, Méier. A temporada carioca passou por Catete, Nova Iguaçu, Palácio Tiradentes, Teatro Armando Gonzaga - Maricá e Teatro Arthur Azevedo.


O espetáculo musical fez celebração ao bicentenário da independência, proporcionando ao público uma viagem nos diferentes tipos rítmicos e melódicos do cancioneiro popular brasileiro como o lundu, o “chorinho”, samba, “marchinha carnavalesca”, Bossa Nova e outros produzidos no Rio de Janeiro e construíram nossa identidade cultural nacional. O roteiro faz também um recorte em outros gêneros que surgiram ou se estabeleceram no Rio de Janeiro no século XX, promovendo uma homenagem a Luiz Gonzaga e à Tropicália. Por meio de sua Subdiretoria de Cultura, o espetáculo é apoiado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro (Funarj).




Deixando o espetáculo ainda mais especial, na semana do dia da Consciência Negra o show contou com dois grandes artistas negros do cenário nacional simbolizando o dia da Independência, por ambos fazerem aniversário no dia 07/09, os protagonistas Martnália e Toni Garrido como intérpretes.


Compondo o elenco, o show contou com Moacyr Góes na direção; José Maria Braga na curadoria e direção musical; Afonso Machado nos arranjos; Simone Lopes na produção executiva; e a banda formada por Humberto Mirabelli (violão), Tiago Machado (violão e cavaquinho), Zé Luiz Maia (baixo), Luiz Otávio (teclado), Diego Zangado (bateria), (bateria), Macaco Branco (percussão) e Afonso Machado (bandolim); mais as intervenções cênicas dos atores Augusto Garcia e Carla Guidacci.


Ao longo da semana que celebra o Dia da Consciência Negra, o Portal Favelas trará atividades relacionadas à data e para ficarem por dentro, acessem também nossas redes sociais.

11 visualizações