Encontro de Combate à Fome e à Miséria

Neste sábado, dia 23, lideranças do jacarezinho, juntamente o Movimento Negro de favelas, promovem o Encontro de Combate à Fome e à Miséria. O evento tem início às 10H, na quadra do Jacarezinho, que fica localizada na Av. Dom Hélder Câmara, 2233- Jacarezinho, zona norte do Rio de Janeiro.



O encontro é uma articulação das favelas, junto com o movimento negro, e conta com nomes como: Wesley Teixeiras, Marcelo Freixo, Monica Cunha, Benedita da Silva, Anielle Franco.

O evento visa pautar sobre a fome, que é uma realidade no Brasil, não só sobre a perspectiva da solidariedade, mas também pensando políticas públicas e o papel do Estado. Segundo a ONU- Organização das Nações Unidas, a FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, e a OMS – Organização Mundial da Saúde, a insegurança alimentar quase dobrou no Brasil. Entre 2018 e 2020 a fome atingiu 7,5 milhões de brasileiros.

Durante a pandemia este cenário se agravou, e já são quase 49,6 milhões de brasileiros em situação de insegurança alimentar moderada ou grave. Em 2021 com o aumento da inflação, falta de emprego e falta de recursos básicos, quase 10% da população brasileira está subalimentada.

O educador popular, Wesley Teixeiras, declarou sua indignação nas suas redes sociais “Não é normal ver nosso povo revirando lixo e ossos para sobreviver. É dever do Estado combater esse mal que assola milhões de brasileiros”, desabafa.

Wesley disse ainda sobre a distribuição de cestas básicas “Nós estamos sempre aí distribuindo cestas nesse momento que o desemprego está lá em cima, o supermercado está caro. Vamos pensar políticas públicas”, afirma o educador.

De acordo com o IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em 2021 a alta dos preços dos alimentos foi generalizada, com 8 dos 9 grupos de produtos registrando o aumento. O Índice Nacional de Preços do Consumidor, indicou 0,87%, a maior taxa para o mês de agosto desde 2000.

A Pesquisa Nacional de Cesta Básica de Alimentos, indicou que em 17 capitais, 13 estão com alta nas cestas básicas. Em contrapartida, o IBGE, aponta também que agosto a safra brasileira de grãos, cereais e legumes, deve chegar a cerca de 256 milhões de toneladas.



53 visualizações