Com mais de 1 milhão de visualizações, Lula bate recorde de audiência em podcast

Em 20 minutos, Lula ultrapassa marca de adversário do PL


Na noite desta terça-feira(18), o candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva, bateu recorde de visualizações simultâneas no Flow Podcast, um programa que é exibido toda semana ao vivo através do Youtube. Lula bateu o recorde de visualizações de Bolsonaro, chegando a 1 milhão de pessoas assistindo simultaneamente, quase o dobro da alcançada pelo candidato à reeleição.



Na entrevista, Lula citou o caso de pedofilia em que Bolsonaro está envolvido e também falou sobre o posicionamento do jogador Neymar nas eleições. “Bolsonaro se comporta como se fosse pedófilo, o comportamento dele no caso das meninas da Venezuela é o comportamento de um pedófilo. E ele percebeu isso, tanto que ele ficou apavorado e tentou se explicar o mais rapidamente possível”, disse Lula.

O caso foi revelado nesta semana quando foi circulado um vídeo nas redes sociais, onde o Presidente Jair Bolsonaro diz que ‘pintou um clima’ com meninas refugiadas da Venezuela, com idades de 14 a 16 anos. O vídeo foi feito durante uma entrevista de Bolsonaro para um podcast nessa sexta-feira (14), quando contou o fato que aconteceu quando ele estava passeando de moto em uma comunidade do entorno de Brasília. Ele disse: “as meninas estavam arrumadinhas e vi que eram parecidas. Pintou um clima, entrei na casa e vi que eram venezuelanas. E estavam todas se arrumando. E aí eu questionei: meninas que têm entre 14 e 15 anos se arrumando num sábado? Pra quê? Você quer isso para sua filha? Escolhas erradas", narrou Bolsonaro.

Lula tambem falou sobre a declaração de voto de Neymar. O jogador publicou um vídeo dançando a música que é utilizada na campanha de Bolsonaro. Lula disse: “O Neymar tem o direito de escolher quem ele quiser para presidente. Ele deve estar com medo de, se eu ganhar as eleições, eu vá saber o que o Bolsonaro perdoou das dívidas de imposto de renda dele; daí porque ele está com medo de mim”.

Nesta terça-feira, Lula também se reuniu virtualmente com comunicadores populares, com o intuito de espalhar a verdade e combater as fakenews. O encontro contou com a participação de Gleisi Hoffmann, presidenta do PT; Edinho Silva, coordenador de campanha do Lula e Randolfe Rodrigues, senador da Rede –AP. “Vamos juntos espalhar a verdade e combater a mentira, destruir a fábrica de mentiras criada no Brasil a partir de 2018. Ao rebater as mentiras deles, precisamos falar das nossas propostas, para que o povo entenda que nós sabemos o que fazer quando ganharmos as eleições”, declarou Lula aos comunicadores.

No dia 30, Lula e Bolsonaro disputarão o segundo turno das eleições para presidente do Brasil.

17 visualizações