Chacina comove o Mundo

Atualizado: 8 de Mai de 2021

O número de pessoas mortas na chacina do Jacarezinho sobe para 28 e jornais e emissoras do mundo todo repercutem a tragédia da última quinta-feira. Os moradores da favela fizeram protestos contra a ação violenta da polícia e gritam por justiça. Quase 48 horas depois da chacina, polícia ainda não divulgou a identidade dos mortos. Nesta sexta-feira (dia 07), centenas de manifestantes fizeram uma passeata nas ruas da favela, no subúrbio do Rio de Janeiro.


Na noite desta sexta, centenas de pessoas em protesto contra a chacina na favela

Mortos identificados até a noite de sexta-feira, dia 7, Segundo Comissão de Direitos Humanos da OAB:

Carlos Avelino da Costa Júnior, 43 anos

Cleiton da Silva de Freitas Lima, 27 anos

Francisco Fabio Dias Araujo Chaves, 25 anos

Isaac Pinheiro de Oliveira, 22 anos

Jhonatan araujo da silva, 18 anos

John Jefferson Mendes Rufino da Silva, 30 anos

Jorge Jonas do Carmo, 31 anos

Marcio da Silva, 43 anos

Marcio Manoel da Silva, 41 anos

Mauricio Ferreira da Silva, 27 anos

Natan Oliveira de Almeida, 21 anos

Raul Barreto de Araujo, 19 anos

Ricardo Gabriel da Silva Ferreira, 23 anos

Rômulo Oliveira Lúcio, 20 anos

Toni da Conceição, 30 anos

Wagner Luís de Magalhães Fagundes, 38 anos

E o Policial Civil André Frias, 45 anos.


Dezenas de pessoas foram para as ruas protestar contra ação da Polícia do Governador Caludio Castro



vejam nas matérias

https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2021/05/sobe-para-28-o-numero-de-mortos-na-operacao-policial-do-jacarezinho.shtml

https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2021/05/06/operacao-jacarezinho-imprensa-internacional.htm

https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2021/05/07/mais-de-24-horas-apos-operacao-policia-civil-nao-divulgou-identidade-dos-mortos-no-jacarezinho.ghtml


Nota de repúdio do Núcleo de Políticas Públicas e Direitos Hum