Carta a todas as mulheres do mundo

Atualizado: Mar 30


Pretas, mães, pardas, indígenas, caboclas, sacerdotisas, bruxas, curandeiras, latinas, loiras, morenas, escritoras, médicas, enfermeiras, donas de casa, avó, tia, sobrinha, filhas, vendedoras, vereadoras, prefeitas, amigas, madrinhas, conselheiras, assistente social, advogadas, juíza, parteiras, cozinheiras, professoras... enfim.


Saudações a todas as mulheres do mundo!


Infelizmente a violência contra nós mulher está cada dia mais comum e mais comum ainda é essa mulher se calar muitas vezes por falta de autonomia, por se sentir culpada ao ser violentada, por faltar autoestima ao seu corpo e por não saber como aplicar seus direitos como cidadã mulher perante esse assunto tão complexo para apagar da sociedade humana😢

Nos mulheres somos acostumadas, submetidas, criadas muitas vezes para dar conta de tudo e de todos menos de nós mesmas.


É uma condição que se aplica da maior escala da sociedade a menor  delas. Todas as mulheres no mundo da criança assim que nasce a mulher que vai construindo sua caminhada até a velhice, sempre tivemos traços de violência contra nossa moral nossa dignidade nossa estima. Nós sentimos a cada passo de uma conquista muitas violências. Vimos nossas avós, mães vizinhas serem violentadas e serem culpadas por isso, mas EU NÃO QUERO VER A MINHA FILHA REPETIR ESSE PADRÃO ...


Eu por alguns anos infelizmente fui vítima de violência psicológica e por estar nesse lugar da mulher que precisa dar conta de tudo aceitar tudo calada, demorei a perceber que aquelas atitudes do homem que estava comigo era violência SÉRIA contra a minha integridade,  mas quando tive entendimento por meio de relatos de outras mulheres que viveram situações parecidas tive coragem de compartilhar e pedir ajuda, aprendi o meu lugar de fala como mãe e mulher tirei a cortina de fumaça e hoje cuido da minha filha eu e Deus e tenho minha integridade de volta. Infelizmente não nascemos sabendo mas nós podemos nos educar umas as outras juntas e forte nessa pauta contra a violência a mulher, pra quando e a qualquer sinal de perigo possamos nos posicionar de maneira sábia e contundente antes de sofrer calada e envergonhada com as diversas situações do machismo.


Sou Terapeuta Capilar e no meu trabalho hoje eu acrescento nos cuidados e ensinamentos com o cabelo não só ter e usar um cabelo bonito e saudável, mas de mostrar e deixar vivo nessa mulher que seu cabelo HÁBITA na sua casa CORPO que representa outros corpos iguais e ancestrais, todo dia temos uma libertação diferente pra conquistar por nós mesmas e nossas crianças as mulheres do futuro. 🙏🏾💆🏾‍♀️


Texto: Marilene Gonçalves

Profissão: Terapeuta Capilar para Dreads e tranças (todos os tipos de cabelo)

Empresa: Consciência Dreads


19 visualizações