Boletim Conexão Saúde: casos de covid se multiplicam nas favelas


Foto: Boletim Saúde: De olho no Corona

Nesta segunda-feira (24), o Projeto Conexão Saúde: De olho no Corona,  publicou a 44ª edição do seu boletim, onde registrou aumentos de mais de 3.500% de casos de covid em favelas do Rio, mas com número muito pequeno de mortes.

O boletim destaca a retrospectiva do ano que passou e os desafios de 2022, que já começou com um surto de Covid-19 e gripe.


O documento é uma publicação do projeto Conexão Saúde, em parceria Fundação Oswaldo Cruz, Redes da Maré, Conselho Comunitário de Manguinhos, Dados do Bem e SAS Brasil.


A 44ª edição, destacou também que desde outubro de 2021, o Complexo da Maré não registrou nenhum óbito por covid, mesmo a favela sendo uma das mais afetadas por conta da pandemia. A comunidade já chegou a liderar nos casos da doença. De acordo com números divulgados pelo Boletim Conexão Saúde: De olho na Covid, em apenas 1 semana os casos saltaram de 5 para 84 só na Maré, isso quer dizer que aumentaram 3.580% em apenas 7 dias.


Além disso, o boletim conta sobre o avanço da vacinação, mortes e como os casos graves diminuíram. Com o novo surto de gripe e covid, as unidades básicas de saúde estão lotadas em todo Brasil.


A publicação com iniciativa da Fiocruz, reforça também a importância da vacinação infantil e entrevistou o sanitarista e pediatra Daniel Becker, onde tirou todas as dúvidas sobre esse assunto quem tem gerado tanta polêmica. O Boletim está disponível através do link: https://bit.ly/3qUNd5M


Entre e se informe sobre a saúde e avanço da doença que tanto já tem afetado o país e o mundo.


Fonte: Conexão Saúde: De olho no Corona

21 visualizações