Arte e Vacina, Sim!


Conheça tudo sobre o tema e nossas convidadas


Serviço:

Link para assistir: https://www.youtube.com/watch?v=dfRBSvabcz4

Programa: Arte Contempolítica, onde política se discute.

Tema: Arte e Vacina, Sim! l

Data: 01 de abril - 21 h

Apresentação: Álvaro Maciel e Rumba Gabriel

Convidadas: Letícia Fagundes, Malu Aires e Christiane Ramírez.


A valorização da arte

Em sua edição de abril o Arte Contempolítica traz ao debate cultural a valorização da arte e do artista. Nesse momento em que as crises política e sanitária assolam o país, o nosso programa se propõe ser um espaço aberto para fala dos próprios artistas, produtores culturais e fazedores de cultura. Arte e Vacina, Sim!


Apesar da viralização sobre o papel da arte na vida das pessoas durante a pandemia, achamos importante ouvirmos a opinião de quem realmente pensa arte, vive para a arte e põe a mão na massa para que ela exista. É evidente que um dos maiores desejos dos artistas é que as pessoas valorizem a arte e os trabalhadores da cultura para além da pandemia e que os políticos e governantes reconheçam a força estratégica da cultura para o desenvolvimento social e econômico do país.


Arte x Negacionismo

A influência e o papel dos artistas ativistas que contribuem para a produção cultural e para a resistência artística e política, num ambiente em que se tenta negar os avanços ocorridos no país a partir de 2003, a existência dos golpes e até a letalidade da pandemia covid-19. A chegada da pandemia provoca o aumento das dificuldades do setor artístico no Brasil.


Ao final de 2015 tivemos um expressivo recuo das políticas públicas culturais, o avanço da censura, perseguições políticas e a promoção do medo. Em seguida o Brasil sofre dois grandes golpes: o golpe 2016, que resultou no impeachment da presidenta Dilma Roussef e o golpe 2018, que resultou na prisão do ex-presidente Lula, que retira a candidatura da maior liderança política do país para abrir caminho para a candidatura de Jair Bolsonaro.


Por uma política de Estado para a cultura

A Cultura no Congresso Nacional: a atuação Comissão de Cultura (que substituiu o Ministério da Cultura em tempos de chumbo e de recuo das políticas públicas de cultura). A função do Sistema Nacional de Cultura e a rede de sistemas estaduais e municipais de cultura (pelo menos o CCPF). O processo de elaboração e aprovação Lei Aldir Blanc, e o socorro emergencial à cultura em tempos de pandemia. A importância do Ministério da Cultura: Gil, Juca, Ana de Holanda, Marta Suplicy e o tempo que havia políticas públicas de Cultura. A demanda participativa da sociedade na elaboração e aplicação das políticas públicas de cultura.


É possível recuperar a produção de políticas públicas de cultura no âmbito do Congresso Nacional, nos estados e munícipios do Brasil?