Ala de compositores da Mangueira agora é Patrimônio Cultural Imaterial do Rio de Janeiro

Atualizado: 3 de Abr de 2020



No momento em que a cultura é pisoteada pelos quadrúpedes do Palácio do Planalto, Rumba Gabriel a maior liderança das favelas consegue junto à Deputada Dani Monteiro, negra, guerreira e sambista, "Fundada em 1939, essa ala que já reuniu nomes como Cartola, Carlos Cachaça e Saturnino Gonçalves, merece não somente a nossa reverência ocasional, no Carnaval, mas o ano inteiro", defende Dani Monteiro (Psol) o tombamento da primeira ala de compositores do Brasil como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Rio de Janeiro. Mangueira o teu cenário é uma beleza!

39 visualizações