A história da gerra contada com hip hope

Seu nome é Carlos Cardoso Faria, tem 21 anos de idade e um sonho – quer levar a vida como MC!! E o caminho que ele encontrou junta inteligência, criatividade e muito talento. Ele é o MCEstudante.

Ele descobriu que tinha facilidade em criar rimas quando estava no ensino Fundamental e passava a visão no real para seus colegas estudantes, nas feiras de ciência, em 2014, em Bangu.

Dali, o carioca Carlos Cardoso, morador da comunidade Conjuntão, em Padre Miguel, Zona Oeste do Rio, passou para os vagões dos trens da Super Via e vai levando suas rimas para além das escolas, abordando temas de política a cultura e esportes. A fórmula é muito boa - fazer rimas improvisadas com temas do dia a dia, incluindo matérias estudadas no colégio. E era a sua forma de ganhar a vida, pois o pai estava desempregado e o sustento da mãe e do filho caçula dependia de sua arte.

E, assim, o MCEstudante adotou o “freestyle como forma de fazer música e passar a sua visão de mundo. Na escola ele já era o cara, mas aos poucos vai se tornando mais conhecido e admirado quando consegue fazer rimas com os fatos do cotidiano recente, como é o caso da guerra da Europa.

No autêntico ritmo do rap, os versos do MC vão desenrolando um fato real contado com rimas bem colocadas. Desde as razões históricas deste conflito entre Rússia e Ucrânia, mas que representam, na verdade, a disputa de um território que tem interesses que vão muito além de uma simples disputa entre dois países.

Na visão do MCEstudante, este confronto junto interesses principalmente dos Estados Unidos e seus aliados da OTAN, que querem ocupar militarmente os países que fazem fronteira com a Rússia.

VEJA

“Os caras lá da Rússia não querem ter vizinho que tenha comportamento do ocidente; Falou que os caras da Ucrânia “tá” mandado e dos Estados Unidos “tá” mais ainda, porque quer deixar o míssil lá virado pra eles e eles estão como? Boladão com isso aí!! Pegou a visão?”
Explica MCEstudante

Carlos Cardoso ganhou este apelido porque fazia suas rimas com o uniforme da escola onde estudava. E sempre que alguém o questionava que deveria estar estudando e não gfazendo música, ele mandava a real sobre as disciplinas matemática, biologia, história, tudo contado com rimas do melhor do rap. E assim ele vai ganhando a vida e sustentado sua mãe e o irmão.

Veja aqui neste link uma versão ainda mais completa da história da guerra, cantada pelo MCEstudante no instagram

https://www.instagram.com/tv/CapsMU1ATgp/?utm_medium=copy_link

581 visualizações