A Cultura está de luto – Morre no Rio de Janeiro, aos 88 anos, Chica Xavier, uma das maiores atrizes

(por Gória Ramos e Álvaro Maciel)


De Salvador para o Rio e Teatro Municipal

A atriz Chica Xavier nasceu na Bahia, mais precisamente, em Salvador, na Quinta da Barra, hoje Barra Avenida. Mudou-se para o Rio de Janeiro, em 1953. Estudou teatro com Pascoal Carlos Magno e em 25 de setembro de 1956 ela estreia no Teatro Municipal, com a peça “Orfeu da Conceição”, ao lado de Haroldo Costa, Clementino Kelé, Léa Garcia, Dirce Paiva, Cyro Monteiro, dentre outros artistas. Seu papel “A Dama Negra” simbolizava a “Morte”, que dançava ao som dos atabaques e declamava versos de Vinícius de Moraes.



Cinema e TV

Chica Xavier estreou no cinema, Em 1962, no filme “Assalto ao trem pagador” do diretor Roberto Farias. Sua carreira televisiva se inicia em 1973, na novela “Os Ossos do Barão”. Daí para frente não parou mais. Sua carreira foi marcada por grandes sucessos como “Sinhá Moça”, “Dancin’ Days”, “Renascer”, “O Rei do Gado”, “Força de um Desejo” e a minissérie “Tenda dos Milagres”, onde viveu a mãe-de-santo Magé Bassã. Foi convidada por Miguel Falabella, em 2005, a integrar o elenco da novela “A Lua me Disse”.


O que algumas pessoas não sabem, Chica Xavier era escritora

Nossa querida Chica Xavier era realmente cheia de versatilidade. Em 1999 lançou o livro“Chica Xavier canta sua prosa” que foi inteiramente ilustrado por sua filha Izabela, a artista plástica Bela d’Oxóssi. A obra literária reúne as letras escritas ao longo de trinta anos para suas cantigas e rezas para louvar seus santos de fé. O livro ganhou o prefácio do amigo e “filho do coração” Miguel Falabella. Todavia, sua primeira experiência profissional com livros acontece aos 14 anos, no seu primeiro emprego, na Imprensa Oficial do Estado da Bahia, onde trabalhou como aprendiz de encadernador.



Centro Cultural Atriz Chica Xavier

Em 2011 a atriz ganhou uma homenagem com a criação de um Centro Cultural que leva o seu nome. Localizado em Olaria, na Rua Uranos, às portas do complexo do Alemão. onde funciona a sede do grupo teatral No Palco da Vida.


Nossa amiga deixa um grande vazio

Chica e sua família eram presenças destacadas no bairro de Botafogo e Humaitá. Uma mãe nobre, marca de um tempo de mulheres que, certamente, atravessaram preconceitos mas sem perder sua majestade e altivez. Ela nos deixa para continuar sua estrada no Orun, de onde continuará sendo exemplar, agora olhando por todos nós.


Chica Xavier, Presente!

147 visualizações

O Portal Favelas é uma construção coletiva de moradores de favelas, para falar de e para as favelas, por meio da integração dos diversos canais de comunicação locais ou regionais.

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Twitter