5 de setembro é o Dia da Amazônia: MÃE DO BRASIL

Mobilização geral para salvar nossa floresta


Uma data para a gente se conscientizar da importância dessa que é a maior reserva natural do mundo. E ela é brasileira, é nossa casa, nossa mãe.. O que acontece na Amazônia, não fica na Amazônia, impacta a nossa vida todos os dias.

Participe do evento da sua cidade.

Além de celebrar, você mostra que dá valor à Amazônia de pé.

A semana do meio ambiente já começou. Diversas atividades vão acontecer em sete capitais brasileiras das regiões do Nordeste, Sul e Sudeste do país. Até o dia 10 de setembro, ativistas e cidadãos comprometidos com a defesa da Amazônia, estarão nas ruas em diversos estados brasileiros, do Acre ao Rio Grande do Sul, passando pelas regiões Nordeste, Sudeste e Centro Oeste. Nas escolas e nas praças do Rio de Janeiro, São Paulo, São Luís, Belém, Belo Horizonte, Manaus, Vitória, Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre, Macapá e muitas outras, estarão sendo realizadas atividades a favor da floresta.

O objetivo da proposta é o combate a crise climática através da proteção de todas as florestas públicas na Amazônia Legal. O principal foco é difundir a luta em defesa da Amazônia e coletar assinaturas para a apresentação, em 2023, de um projeto de lei de iniciativa popular que possa blindar aquela imensa região dos invasores que querem apenas destruir a vida da floreta. A meta é conseguir um milhão e meio de assinaturas, até 2023.


Entre os dias 3 e 10 de setembro a campanha de mobilização estará nas ruas, rio, praças e redes sociais ecoando #QueroAmazôniadePé. Participe da programação mais próxima de você. Somos a última geração que pode salvar a Amazônia.
Veja aqui a programação < https://virada.amazoniadepe.org.br/>

Em 2023, no primeiro ano de trabalho do novo Congresso Nacional, as entidades que organizam esta mobilização querem chegar em Brasília com um “caminhão” de fichas de assinaturas do Projeto de Lei Amazônia de Pé. Com a assinatura de todos, esta lei de iniciativa popular vai destinar os 57 milhões de hectares de florestas públicas na Amazônia para proteção dos povos indígenas, quilombolas, pequenos produtores extrativistas e Unidades de Conservação.

Isto será possível a partir da ampliação e demarcação de terras indígenas, territórios quilombolas, territórios de pequenos produtores extrativistas e novas Unidades de Conservação da Natureza de Uso Sustentável. O projeto também prevê uma maior penalização para a grilagem e a inativação dos registros irregulares em terras públicas.

Em vparuas cidades, eventos foram realizados para marcar a campanha. No Rio de Janeiro, um dos locais foi no pilotis do Museu de Ate Moderna, o MAM. Ali foram armadas algumas barracas para colher assinaturas para o projeto de lei e um grupo de dança e batuque de Carimbó, um rítimo típico do Pará, animou a tarde chuvosa do carioca.



Aulas especiais sobre a Amazônia serão dadas em diversas escolas, em várias cidades do Brasil. Além das escolas, muitas lojas de produtos alternativos estarão distribuindo o manifesto e fazendo a coleta de assinaturas para o projeto de lei. Tambem a atriz Gabi Amarantu está contribuindo para a campanha com a gravação de um vídeo mostrando o passo a passo para você assinar o projeto Amazônia de Pé.


Veja o original deste vídeo aqui neste link: https://www.youtube.com/watch?v=sLBwBnfCRjI


Muitos depoimentos estão sendo divulgados na internet em apoio à campanha que está presente em todos os estados brasileiros. Tambem no Instagram, você pode ver a programação do Festival Amazônia em Pé e depoimentos de pessoas em apoio ao movimento <https://www.instagram.com/reel/CiA_Aa8O4kd/?igshid=YmMyMTA2M2Y=>

Um dos mais recentes artistas da internet que se juntou ao movimento foi o Jeike, que é uma personalidade das redes sociais em plataformas como Instagram e Twitter e que cria vídeos pelo aplicativo TikTok para mais de 650.000 fãs. A maioria de seus vídeos é de comédia, mas este aqui foi gravado depois de uma visita dele a uma aldeia indígena no Amazonas. Veja o seu depoimento:

“Amazônia é o inicio e o recomeço, fui convidado pela @amazoniamaedobr a contar mais um pouquinho da incrível experiencia que vibra com muita força dentro do meu coração e que tive a felicidade de vivenciar. Que em todas as postagens que saíram daqui, você possa sentir uma fração dessa dessa energia. #EscuteAMãe

https://www.instagram.com/reel/ChsmWI-DqWd/?utm_source=ig_web_copy_link

As queimadas na Amazônia são reais e estão acontecendo todos os dias. Não é por acaso que uma floresta úmida pega fogo não, filho. São incêndios criminosos acentuados pelo clima seco deste período. E a culpa não é dos ribeirinhos. Já perdi as contas dos focos de incêndio e ninguém faz nada, ninguém fiscaliza. É muita tristeza pra Amãezônia

Negar o óbvio é um problema que ainda existe, infelizmente. Ninguém se salva sozinho, somos uma família, um planeta só. Precisamos de pessoas mobilizadas para frear catástrofes. As mudanças climáticas afetam a vida de todos e quem insiste em não enxergar, está piorando a própria vida e das futuras gerações. FAÇAMOS A NOSSA PARTE!!


Veja aqui a íntegra do projeto de lei que está sendo proposto para salvar a Amazônia:

https://drive.google.com/file/d/1ERKCVIoalFjk5GB8QtQHctw9ktefhD3V/view

https://imaginary.bonde.org/convert?url=https://s3.amazonaws.com/hub-central/uploads/1651068412_BOTAO1copia11.png&type=png


Veja tambem neste link a programação dos festivais no Brasil - <https://festivaisdiadaamazonia.com.br/>


O Portal Favelas tambem presta sua homenagem à nossa floresta mãe com cartazes sobre a data.



74 visualizações