• Lucas Araújo

Teatro de Favela na Rede

Em tempos de quarentena, artistas favelados criam conteúdo on-line para ajudar pessoas a passarem por esse momento tão conturbado.


Vivemos atualmente uma das epidemias mais agressivas que o mundo já presenciou. Um vírus descoberto recentemente e que os cientistas ainda possuem poucas informações a respeito dele. Única certeza que temos, é que o covid-19 é um vírus altamente contagioso e a medida de combate mais eficaz que os governos encontraram até agora foi o isolamento social.

As pessoas precisaram interromper suas atividades, passar a ir as ruas somente para o necessário, ficar em casa por tempo indeterminado. Uma tarefa difícil, principalmente para quem possui uma rotina ativa, porém necessária. A saída é manter contato quem amamos, ocupar a mente e principalmente, buscar entretenimento na arte.

Artistas do mundo todo começaram a se mobilizar, fazendo shows em redes sociais, pequenos concertos nas suas varandas, entre outras iniciativas. E é claro que, os artistas das favelas do Rio de Janeiro não poderiam ficar de fora desse movimento.

O Grupo Atiro, grupo teatral do Complexo da Maré, está a frente de um movimento, fazendo todos os dias a divulgação de espetáculos de outros grupos periféricos em suas redes sociais. Confiram:


"FAVELA EM QUARENTENA Neste período de reclusão o Grupo Atiro resolveu expandir a experiência de caixa cênica compartilhando duas de suas produções no youtube durante um mês. O nosso intuito é permitir que os moradores de favelas e periferias tenham acesso a produções teatrais feitas por grupos que residem sobre esses locais. Assim, além de nos mantermos conectados e conscientes nessa onda de combate ao coronavírus, impulsionar o debate de como artistas periféricos são vistos no meio de toda essa crise.

Por isso, pedimos a parceria de divulgação dos links em suas páginas e redes. E só pra frisar mais uma vez... Não saiam de casa. Precisamos nos manter vivos e fortes para o desespero do burguês!!!"


Sobre o Grupo Atiro:

O Grupo é oriundo da Maré, – maior bairro popular do Rio de Janeiro –, o grupo, que está em atividade desde 2013, nasceu a partir das oficinas da Cia Marginal e trabalha em parceria com a oscip Redes de Desenvolvimento da Maré (REDES). Ao longo de sua trajetória, o grupo manteve um núcleo estável de atores, consolidou uma equipe de colaboradores, produziu 5 espetáculos– Vai (2013), Família (2017), Obedeça (2017), Ant Corpo (2018) e Corpo Minado(2018) – e cultivou um público próprio, que acompanha cada uma de suas temporadas e cresce a cada ano. O Grupo é formado por André Souza, Bárbara Assis, Desirré Santos, Gabriel Horsth, João Paulo Rodrigues,  Kamyla Galdeano, Matheus Affonso,  Marcos Diniz, Paulo Victor Lino, Romario Mello e Wallace Lino.


Redes sociais

Facebook https://pt-br.facebook.com/grupoatiro/

Insta https://www.instagram.com/grupoatiro/


Primeiro espetáculo:


Família - Grupo Atiro

Link Familia - Parte 1 https://www.youtube.com/watch?v=8WlX6ChFEHI Link Família - Parte 2 https://www.youtube.com/watch?v=_iYnDfZDc_w




Segundo espetáculo :


Naquele Instante - Grupo Código


Descrição: Viajando nas lembranças de infância, e passando pela adolescência de cada um, o espetáculo é criado a partir das memórias trazidas por atores que integram o elenco, apresenta um mergulho nas profundezas da nostalgia. Este sentimento humano e universal traz o reencontro com a dor e sofrimento, revelando uma saudade idealizada que não pode ser superada no campo físico. Link - Naquele Instante - Parte 1 https://www.youtube.com/watch?v=HPQ9_tdSAbs Link - Naquele Instante - Parte 2 https://www.youtube.com/watch?v=3ZVWes3Agpo Link - Naquele Instante - Parte 3 https://www.youtube.com/watch?v=x4i0zR3IN3w Link - Naquele Instante - Parte 4 https://youtu.be/QuYHyHWF4y4 Link - Naquele Instante - Parte 5 https://www.youtube.com/watch?v=ZuubeNpfN10 Link - Naquele Instante - Parte final https://www.youtube.com/watch?v=bH6h1T1Zi-Y


REDES SOCIAIS - Grupo Código INSTAGRAM: https://www.instagram.com/grupocodigo/?hl=pt-br FACEBOOK: https://www.facebook.com/grupocodigo10


Terceiro Espetáculo:


ELES NÃO USAM TÊNIS NAIQUE - CIA MARGINAL

Descrição: Ambientado numa favela do Rio de Janeiro, o espetáculo narra o reencontro de um pai e uma filha que não se viam há muitos anos. Ele foi traficante nos anos 80, quando o comércio ilegal de drogas ainda mantinha um vínculo moral com a comunidade, ela é uma jovem traficante nos dias atuais. O espetáculo gira em torno de um embate ideológico entre os dois personagens, representados em cena por quatro atores que se alternam sucessivamente nos dois papeis, num jogo cênico em que nenhuma posição é fixa e onde a ficção está sempre sob o risco da realidade. LINK - PARTE 1 https://www.youtube.com/watch?v=KPp5bSQsLMYLINK LINK - PARTE 2 https://www.youtube.com/watch?v=ywA0S4oJQtE LINK - PARTE 3 https://www.youtube.com/watch?v=xdyT8WWq2s8 LINK - PARTE 4 https://www.youtube.com/watch?v=NFuEF3pUFvg LINK - PARTE 5 https://www.youtube.com/watch?v=zvhqHxA5Zrs LINK - PARTE FINAL https://www.youtube.com/watch?v=T_9_-dKC190 Redes sociais Cia marginal INSTAGRAM https://instagram.com/ciamarginal?igshid=19iuxq0ootx9r FACEBOOK https://www.facebook.com/ciamarginal/



O Portal Favelas é uma construção coletiva de moradores de favelas, para falar de e para as favelas, por meio da integração dos diversos canais de comunicação locais ou regionais.

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Twitter