• Bárbara Nascimento

Movimento Popular de Favelas informa a respeito do Coronavírus

Atualizado: Abr 3

O Movimento Popular de Favelas começa hoje a divulgar informações importantes para as favelas do RJ acordarem sobre os grandes riscos do coronavírus para quem mora em comunidades, os lugares mais vulneráveis da cidade. Vamos divulgar notícias hoje e  amanhã a noite começaremos um boletim regular. 


Favela vamos acordar e prestar a atenção no papo reto aqui :


1- NÃO EXISTE VACINA OU MEDICAMENTO PRA ELIMINAR O CORONAVÍRUS. NA MAIORIA DOS CASOS A DOENÇA É ELIMINADA COM O TEMPO, MAS É MUITO PERIGOSO. FICA LIGADO(A)!

2- OS IDOSOS E PESSOAS COM DOENÇAS CRÔNICAS, COMO PRESSÃO ALTA, DIABETES E DOENÇAS CARDÍACAS E RESPIRATÓRIAS GRAVES CORREM MAIS RISCOS E PODEM MORRER. VAMOS PRESTAR ATENÇÃO E CUIDAR DOS NOSSOS MAIS VELHOS 3- NOS CASOS COM SINTOMAS MAIS GRAVES, COMO FEBRE DIRETO E DIFICULDADES DE RESPIRAR,  AS PESSOAS TÊM QUE SER LEVADAS AO HOSPITAL. SE TIVER COM SINTOMAS LEVES, MAIS FRACOS, COMO ESPIRRANDO , DOR NA GARGANTA, DOR NO CORPO, ETC, TEM QUE LEVAR PRA CLÍNICA DA FAMÍLIA,  UPA OU OUTRA UNIDADE BÁSICA DA SAÚDE. PARA MAIORES ESCLARECIMENTOS, LIGUE PARA O DISQUE SAÚDE. O NÚMERO É 136.

4- LAVAR AS MÃOS, ENTRE OS DEDOS, UNHAS E ABAIXO DOS PULSOS TAMBÉM É MUITO IMPORTANTE.

5- ALÔ RAPAZIADA QUE GOSTA DE TOMAR REMÉDIO POR CONTA PRÓPRIA. SE TIVER COM FEBRE NÃO USE ANTI-INFLAMATÓRIO NEM CORTISONA. SE FOR CORONAVÍRUS ISSO PODE PIORAR MUITO SUA SAÚDE. SE TIVER COM FEBRE E QUISER TOMAR LOGO UM REMÉDIO USE SEMPRE  PARACETAMOL.

6- VAMOS EVITAR NESSE PRÓXIMO MÊS IR AOS BAILES , SHOPPINGS, CINEMAS E OUTROS LUGARES FECHADOS COM MUITA GENTE AGLOMERADA TAMBÉM! PRA EVITAR SE CONTAGIAR OU TRANSMITIR O CORONAVÍRUS PARA OUTRAS PESSOAS.

7- VAMOS PASSAR ESSAS INFORMAÇÕES AO MÁXIMO PARA OS NOSSOS GRUPOS WHATSAPP E TROCAR IDEIA COM OS VIZINHOS SOBRE ISSO. SÓ COM A FAVELA UNIDA PODEREMOS VENCER O CORONAVÍRUS E EVITAR MUITAS MORTES!!




https://www.facebook.com/pg/movimentopopulardefavelas

213 visualizações

O Portal Favelas é uma construção coletiva de moradores de favelas, para falar de e para as favelas, por meio da integração dos diversos canais de comunicação locais ou regionais.

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Twitter