Coalisão faz campanha contra genocídio de jovens pretos

A cada 23 minutos, um jovem negro é assassinado no Brasil. Mas, quando você assiste a um telejornal, é muito comum só o que dizem os órgãos oficiais valer: Palavras como suspeito e traficante são usados aleatoriamente quando se trata de mortes de jovens pretos. A campanha da Coalizão Negra por Direitos para que os veículos de mídia passem a tratar os assassinatos deliberados, diários, sistemáticos e em massa da população negra com o nome que eles têm: Genocídio. Acesse a plataforma da campanha: https://www.alvosdogenocidio.org e apoie a campanha, assinando o abaixo-assinado.



Cerca de 71% das pessoas assassinadas no Brasil são negras. Pessoas negras são 2,5 vezes mais vítimas de armas de fogo do que pessoas brancas. Mais de 75% dos mortos pelas polícias brasileiras são negros. Entre 2016 e 2017, o número de quilombolas assassinados cresceu 350%. No Rio de Janeiro, entre 2012 e 2015, 71% dos ataques religiosos registrados foram contra religiões afro-brasileiras

O Portal Favelas é uma construção coletiva de moradores de favelas, para falar de e para as favelas, por meio da integração dos diversos canais de comunicação locais ou regionais.

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Twitter