Campanha “Narrativas Pretas” busca financiamento coletivo para formação de roteiristas negras

Para promover o acesso democrático à produção, formação e empreendedorismo audiovisual à jovens negras moradoras da cidade do Rio de Janeiro, o Cinema Nosso lançou uma campanha de financiamento coletivo para viabilizar uma nova turma do curso de formação de roteiristas negras, fortalecendo a representatividade na área de narrativas audiovisuais. A iniciativa acontece até o dia 13 de outubro.



Devido à pandemia de Covid-19, os recursos para o segundo ano do projeto tiveram atraso e a organização precisou se adaptar ao mundo online. Esse cenário trouxe desafios estruturais e financeiros para que a organização pudesse manter suas atividades e dar continuidade às ações de formação com recorte de gênero e raça. “Manter a formação, capacitação e possibilidades de inserção no mercado é de suma importância neste momento.”, diz Mércia Britto, diretora do Cinema Nosso.


Lançada através do site Benfeitoria, a campanha Narrativas Pretas tem como metas inicial e intermediária R$30 mil e R$60 mil, respectivamente. Porém, o objetivo é alcançar R$100 mil  como meta final que possibilitará a realização de toda a atividade proposta. Ao atingir esse valor, a organização poderá realizar uma formação online para 60 mulheres, com mentoria e aulas apresentadas por nomes femininos de referência no mercado audiovisual.


Sua doação vale uma recompensa

Com o objetivo de estimular as doações, a campanha oferecerá diferentes tipos de benefícios para os colaboradores. A partir de R$ 20, o doador tem direito a um e-mail personalizado com uma carta de agradecimento. Entre R$600 e R$1200, as recompensas variam entre um minicurso de Fotogrametria, uma consultoria de Fotografia para Cinema e uma Consultoria de Roteiro para Cinema.


Para outros valores personalizados, entre R$35 e R$400, o Cinema Nosso disponibiliza adesivos, mochila ecológica, palestras sobre games e realidade virtual, palestras sobre captação de recursos para projetos sociais e culturais, videoaulas, Workshop de Construção de Narrativas e Workshop de Documentário. Quem não puder doar, também pode ajudar compartilhando a campanha e divulgando por vídeos nas redes sociais. Toda ajuda será essencial para reverter estatísticas que mostram a baixa representatividade feminina negra no acesso a recursos públicos da cadeia produtiva do audiovisual.


Sobre o Cinema Nosso

O Cinema Nosso é uma instituição sociocultural que, ao longo de sua trajetória, trabalha para proporcionar experiências de tecnologia e inclusão para a produção de narrativas juvenis, fomentando a cadeia produtiva do audiovisual no Rio de Janeiro. Foi constituído informalmente em 2000 – então sob o nome Nós do Cinema –, a partir do processo de seleção de elenco para o filme “Cidade de Deus”, de Fernando Meirelles e Kátia Lund. Hoje, o Cinema Nosso é reconhecido como uma das maiores escolas populares de audiovisual na América Latina, com mais de 5000 jovens formados em seus cursos. Em 2020, foi uma das organizações contempladas pelo edital Criança Esperança em parceria com a UNESCO.


Para doar e conhecer os benefícios, acesse o site Benfeitoria:

https://benfeitoria.com/narrativaspretas

O Portal Favelas é uma construção coletiva de moradores de favelas, para falar de e para as favelas, por meio da integração dos diversos canais de comunicação locais ou regionais.

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Twitter