Bibliotecas comunitárias e incentivo à leitura para crianças são temas de debates

Para estimular ainda mais o hábito de ler, o projeto literário Caravana da Leitura e do Autor Fluminense vai receber João do Corujão, Glauter Barros e Maria Chocolate, representantes que são referência no assunto. A série de bate-papos será transmitida pelo Facebook da Caravana, entre os dias 23 e 25 de setembro, às 15h.



Maria Chocolate participará de debate no dia 25 de setembro


O objetivo das conversas é promover os projetos de mediação de leitura dos convidados, debatendo a importância das bibliotecas comunitárias e o incentivo à leitura para crianças e adolescentes. A ação online de circulação literária é viabilizada pela Enel Distribuição Rio e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio, por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

“Dar vozes às ações invisíveis deve ser a meta de todo projeto de circulação literária. Como é o caso das bibliotecas comunitárias, que têm um papel fundamental nessa democratização do acesso à leitura nas comunidades. Essas bibliotecas cumprem a função social de dar oportunidade às pessoas que não teriam como comprar ou pegar um livro emprestado em uma biblioteca distante”, explica Raimundo Moreira, coordenador-geral do projeto.


Bate-papo com João do Corujão – 23 de setembro

Nascido em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, João do Corujão é produtor cultural e curador executivo do projeto “Corujão da Poesia”, que atua há 14 anos como a única vigília semanal de poesia e libertação dos livros do continente americano. Já trabalhou com Darcy Ribeiro no programa dos CIEPs e, atualmente, se dedica a uma série de projetos de incentivo à formação do prazer da leitura.


Bate-papo com Glauter Barros – 24 de setembro

Contador de histórias, ator e palhaço, Glauter Barros participa de inúmeros cursos e oficinas desde 1994. O promotor de leitura também foi um dos fundadores e integrantes do Grupo Tororomba, o primeiro grupo de contadores de histórias de Angra dos Reis, e é diretor administrativo do “Conta Brasil”, uma ong que objetiva congregar contadores de histórias que propaguem a tradição oral e a literatura do Brasil e de outros países.


Bate-papo com Maria Chocolate – 25 de setembro

Maria do Carmo da Silva Miranda, mais conhecida como "Maria Chocolate", é fundadora e mediadora de leitura do Centro Cultural Comunitário Chocobim Biblioteca Comunitária MANNS. Ela também atua no Comitê da Ação da Cidadania (Fome Zero), no grupo de Liderança da VIVA RIO, ENEL e APPAI, e integra a Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias.


Sobre a Caravana

O projeto literário acontece em cinco cidades: Niterói, Angra dos Reis, Maricá, São Gonçalo e Duque de Caxias e pretende alcançar 4 mil crianças de 7 a 14 anos, além de professores, através de audiolivros, lives e oficinas, todos com acessibilidade para pessoas com deficiência, utilizando recursos como intérprete de libras e materiais legendados. O objetivo é estimular o hábito da leitura e aproximar alunos da rede pública fluminense de autores literários, entre eles a Bia Bedran e Lucia Fidalgo.


Sobre a Enel Distribuição Rio A Enel Distribuição Rio, subsidiária da multinacional italiana Enel, atende a 66 municípios do estado do Rio de Janeiro, abrangendo 73% do território estadual, com cobertura de uma área de 32.188 km². A Região Metropolitana de Niterói e os municípios de São Gonçalo, Itaboraí e Magé representam a maior concentração do total de 2,9 milhões de clientes atendidos pela companhia. A estratégia de atuação da Enel é baseada no seu Plano de Sustentabilidade e nos compromissos assumidos com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU.

Links

Site: https://www.caravanadaleituraaf.com.br/

Facebook: https://www.facebook.com/caravanadlaf/

O Portal Favelas é uma construção coletiva de moradores de favelas, para falar de e para as favelas, por meio da integração dos diversos canais de comunicação locais ou regionais.

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Twitter